As Glândulas Supra-Renais

Supra-Renais - As sete glândulas endócrinas no homem

 

6. AS GLÂNDULAS SUPRA-RENAIS

As glândulas supra-renais têm este nome devido ao fato de se situarem sobre os rins, apesar
de terem pouca relação com estes em termos de função. As supra-renais são glândulas vitais
para o ser humano, já que possuem funções muito importantes, como regular o metabolismo
do sódio, do potássio e da água, regular o metabolismo dos carboidratos e regular as reações
do corpo humano ao stress.

6.1 A ALDOSTERONA, A ADRENALINA E A NORADRENALINA

Estas glândulas endócrinas têm forma de lua achatada, situadas uma sobre cada rim e
secretam vários hormônios, entre os quais destacam-se a aldosterona, a adrenalina (ou
epinefrina) e a noradrenalina (ou norepinefrina).
Sua função básica está relacionada à manutenção do equilíbrio do meio interno, isto é, da
homeostase do organismo, frente a situações diversas de modificação desse equilíbrio (tensão
emocional, jejum, variação de temperatura, infecções, administração de drogas diversas,
exercício muscular, hemorragias, etc].
Possuem íntima conexão com o sistema nervoso. Embriologicamente, cada supra-renal é
formada por dois tecidos embrionários diferentes, dos quais resultam as duas camadas da
supra-renal: a mesoderme origina o córtex e a neuroectoderme a medula da glândula. Muitos
autores consideram córtex e medula da supra-renal como sendo dois órgãos distintos.

6.2 CÓRTEX DA SUPRA-RENAL

O córtex, camada externa da glândula, é amarelado e compõe-se de três camadas
concêntricas de células. A camada externa, abaixo da cápsula, é chamada zona glomerulosa
do córtex supra-renal. Funcionalmente, a camada glomerular produz e secreta aldosterona,
enquanto que as outras duas camadas produzem glicocorticóides (cortisol e corticosterona) e
hormônios sexuais.

6.3 A ALDOSTERONA

A principal ação da aldosterona é a retenção de sódio. Onde há sódio, estão associados íons e
água. Portanto, a aldosterona age profundamente no equilíbrio dos líquidos, afetando o
volume intracelular e extracelular dos mesmos. Glândulas salivares e sudoríparas também
são influenciadas pela aldosterona para reter sódio. O intestino aumenta a absorção de sódio
como reação à aldosterona.

6.4 O ESTRESSE E O CORTISOL

O estresse ainda é um tema que suscita muitas controvérsias, desde a sua definição até as
suas implicações com as doenças. Por vezes, o estresse é definido como um estímulo, sendo
por outras considerado como resposta desenvolvida por esse estímulo. Na realidade, a palavra
estresse, em si, quer dizer “pressão”, “insistência” e estar estressado quer dizer “estar sob
pressão” ou “estar sob a ação de estímulo insistente”. Significa também tensão. É uma
palavra amplamente usada no âmbito da Física como sendo a tensão gerada em um corpo
pela ação de forças sobre o mesmo. Neste caso, o estresse assume o significado de “reação” do
corpo à ação das forças que configuram o estressor.
De fato, estressor é qualquer estímulo capaz de provocar o aparecimento de um conjunto de
respostas orgânicas e/ou comportamentais, relacionadas com mudanças fisiológicas
estereotípicas de padrões, que incluem a hiperfunção da supra-renal, ou adrenal. O estresse é
um processo reativo, que tem como objetivo diminuir os efeitos negativos causados pelo
estressor e favorecer a adaptação a este ou às mudanças advindas da sua presença.
Assim, o estado de estresse é exatamente aquele relacionado com a fase de adaptação, sendo
o seu estabelecimento compatível com a liberação de cortisol (hormônio secretado pela suprarenal),
que torna o organismo hábil para responder às exigências adaptativas.

6.5 A Adrenalina e a Noradrenalina

Existem, na medula adrenal, dois tipos de células: umas secretam adrenalina, as outras
noradrenalina. Tais hormônios são secretados em resposta à estimulação simpática e são
considerados como hormônios gerais. Liberados em grandes quantidades depois de fortes
reações emocionais como, por exemplo, susto ou medo, estes hormônios são transportados
pelo sangue para todas as partes do corpo, onde provocam reações diversas, principalmente
constrição dos vasos, elevação da pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos, etc.
Tais reações resultam, entre outras coisas, no aumento do suprimento de oxigênio às células.
Além disso, a adrenalina, que aumenta a glicogenólise hepática e muscular e a liberação de
glicose para o sangue, eleva o metabolismo celular. A combinação dessas reações possibilita,
por exemplo, reações rápidas de fuga ou de luta frente a diferentes situações ameaçadoras. Ao
contrário do córtex supra-renal, que lança seus produtos continuamente na circulação, a
medula acumula os hormônios produzidos.
Existem doenças que se caracterizam pelo excesso de produção dos hormônios das
supra-renais. As principais são a Síndrome de Cushing e o Feocromocitoma.

6.6 A SÍNDROME DE CUSHING

Caracteriza-se por deposição de gordura no abdômen, fraqueza muscular, estrias
avermelhadas, aumento de pêlos, surgimento espontâneo de hematomas, aumento de gordura
na face e no pescoço. O quadro clínico é semelhante ao provocado pelo uso constante de
medicamentos à base de corticóides.

6.7 O FEOCROMOCITOMA

É uma doença na qual ocorrem crises de hipertensão arterial podendo ou não estar
acompanhada de dor de cabeça, sudorese e palpitações. Qualquer paciente jovem que
apresente hipertensão arterial merece uma investigação médica visando excluir a
possibilidade de feocromocitoma.

6.8 DOENÇA DE ADDISON

Além das doenças acima (que se caracterizam por excesso de hormônios das supra-renais)
existe uma outra que se caracteriza pela falta dos hormônios das supra-renais. É a Doença de
Addison, que se caracteriza por fraqueza, perda de peso, dores abdominais discretas e
escurecimento de algumas áreas da pele e das mucosas.

EXERCÍCIOS ESPECÍFICOS PARA AS SUPRA-RENAIS

EXERCÍCIO 1 [Massagem circular com os punhos nas Supra-Renais]

Glândula Supra-renais - Exercício 1

♦ Em pé, tronco ereto, encostar o dorso dos punhos
nas supra-renais, um pouco acima da cintura.
♦ Inicie uma massagem circular. Faça essa
massagem por algum tempo.

EXERCÍCIO 2 [Massagem para cima e para baixo]

♦ Massageie com o dorso dos punhos em sentido vertical, para cima e para baixo.
Perceba uma sensação prazerosa de calor inundando a região e o corpo.

EXERCÍCIO 3 [Massagem cruzada]

Glândula Supra-renais - Exercício 3

♦ Em seguida, faça uma massagem cruzada com o
dorso dos punhos. Enquanto um punho desliza
para baixo e para a esquerda o outro desliza para
cima e para a direita (ver fig.).

EXERCÍCIO 4 [Massagem circular no Portão da Vida]

Glândula Supra-renais - Exercício 4

♦ Coloque os polegares na cintura. Os outros 4 dedos das
mãos devem tocar lateralmente a coluna na região do
Portão da Vida (oposto ao umbigo).
♦ Massageie circularmente esta região deslocando um
pouco a pele.

EXERCÍCIO 5 [Estimulação com pancadinhas]

Glândula Supra-renais - Exercício 5

♦ Dê suaves “pancadinhas” com as duas mãos fechadas na
região das supra renais, sobre os rins. Faça
delicadamente.

EXERCÍCIO 6 [Massagem com a polpa dos dedos]

Glândula Supra-renais - Exercício 5

♦ Apalpe com a polpa dos dedos polegares a região das
glândulas supra-renais na parte acima dos rins.
♦ Com a polpa dos polegares inicie uma massagem
circular suave nesse ponto.

EXERCÍCIO 7 [Descrever um círculo girando o períneo]

♦ Com os pés unidos, inicie um pequeno giro tendo como ponto de referência o períneo (o
ponto localizado entre os órgãos genitais e o ânus). Tente descrever um círculo com o
períneo, começando pelo lado que lhe aprouver.
♦ Enquanto faz o giro coloque sua atenção nas supra-renais. Não mova a parte superior do
corpo. O giro é feito apenas com a bacia e a pelve.
Sinta o resultado destas massagens, a energia que circula no corpo inteiro e o calor que
invade o peito trazendo alegria e conforto.

Convite:

Todas as segundas-feiras, das 18h45 às 19h30, a Escola Gurdjieff São Paulo oferece um ciclo de estudos gratuito, que conjuga exposição de idéias com práticas de meditação. Participe!

Escola Gurdjieff São Paulo
Rua Augusta, nº 2327, Edificio 1
São Paulo - SP
Tel: (11) 3864-1670
(Situada a 500 metros da estação de metrô Consolação na avenida Paulista)

Veja também:

Sobre a Revitalização Integral

Participe do Grupo

As Glândula Endócrinas

1. As Glândula Pineal ou Epífise

2. A Glândula Hipófise ou Pituitária

3. A Glândula Tireóide e Paratiróides

4. A Glândula Timo

5. A Glândula Pâncreas

6. As Glândulas Supra-Renais

7. As Glândulas Sexuais

 

Cartões de Amor e Sabedoria

Conheça também os nossos cartões virtuais. Suas mensagens de amor e sabedoria foram coletadas de frases de grandes mestres do passado e contemporâneos, bem como de poemas sobre o amor místico. O envio é gratuito.

Amor
Sabedoria
Fotos: Robert Werner/www.guiapassaport.com.br Plínio Bordin/www.fotomundo.com.br
  Alex Uchoa/www.pbase.com/alexuchoa Akiwas/akiwas@akiwas.com.br
  Rosenildo Souza/rsmorro@gmail.com Mireia/to.mireia@gmail.com
"Qualquer forma de utilização para fins comerciais das fotografias constantes nos cartões virtuais
sem a autorização dos seus autores é expressamente proibida."
 
Untitled Document
© 2004-2014 Escola Gurdjieff São Paulo. Todos os direitos reservados........... Twitter